Páginas

quinta-feira, 21 de março de 2019

Pedra Preta: A falta de manutenção das estradas e o bom inverno credencia o município para sediar provas de RALLY


Na manhã desta quinta-feira (21) o Blog do Euípedes Dias se aventurou em transitar nas estradas que conta o município de Pedra Preta, nem toda prova de RALLY tem as dificuldades que os moradores e motoristas da região tem diariamente para percorrer o caminho entre suas residências para as escolas e trabalho, é impressionante as péssimas condições das estradas.

A região está recebendo ótimas chuvas que vem enchendo os reservatórios e o coração dos agricultores de esperança de um bom inverno e de boas produções de lavouras, mas também está causando muitos transtornos como se vê nas imagens as estradas estão totalmente destruídas, a falta de manutenção das estradas no verão resultou em estradas quase intransitáveis no inverno.

No dias de fortes chuvas não tem como se locomover no município na situação que se encontra as estradas do município de Pedra Preta.        






























quarta-feira, 20 de março de 2019

Pedra Preta: Enquanto os vereadores vão para a câmara municipal enaltecer o prefeito o cidadão tem que desgotar sua fossa com as próprias mãos.


No município de Pedra Preta na região central do estado a população estão indo para as redes sociais mostrar a triste realidade do município e criticar a posição da câmara municipal que não faz outra coisa se não enaltecer o prefeito Luiz de Haroldo, segundo relatos da população nas redes sociais.

Uma das muitas reclamações da população daquela cidade é o fato dos moradores estarem com as fossas cheias e transbordando pelas ruas, além do mau cheiro insuportável de fezes e urinas tem a proliferação de insetos tais como mosquito, muriçoca entre outros.

Tem morador de Pedra Preta que está desgotando a fossa com as próprias mãos já que não tem um veículo apropriado e disponível  para fazer a limpeza nas fossas.

Segundo imagens e informações nas redes sociais o município está sofrendo bastante com alguns descasos da prefeitura com a população, ainda tem relatos que a câmara municipal não tem feito o trabalho de fiscalização e cobranças por melhorias, ainda faz elogio ao prefeito se como tivesse tudo funcionado perfeitamente no município.        












terça-feira, 19 de março de 2019

Jandaíra: O transporte alternativo do município não aguentou mais segurar o valor da passagem, está mais caro viajar para João Câmara e Natal.

Resultado de imagem para carro para alternativo

Depois de 4 anos sem aumento nas passagens os motoristas dos alternavivos que fazem as viagens, popularmente chamado de lotação, de Jandaíra para João Câmara e Natal resolveram reajustar as passagens, a partir desta terça-feira (19), a viagem de Jandaíra para João Câmara deixa de ser 10,00 reais e ficará 12,00 reais, já de Jandaíra para Natal deixa de ser 25 reais e ficará 30 reais.

O que causou o aumento das passagens, foram o aumento dos combustíveis e da manutenção dos veículos, para abastecer, comprar pneus e outras peças importante para garantir o conforto e a segurança dos passageiros não é mais o mesmo valor de 4 anos atrás, sem o aumento das passagens fica inviável manter a qualidade dos veículos, serviços e da segurança aos passageiros que preferem viajar nos alternativos do que de ónibus que fazem a linha diariamente para a capital e para João Câmara.

ÍNDIO pedala 400 quilômetros em tempo recorde e se destaca no ranking nacional.


Jandairense é o maior recordista brasileiro de ciclismo.

   
Para o atleta ficar reconhecido no esporte, ele precisa ter muitos anos de prática, ter conquistado títulos, bater recordes, ter coragem e muita saúde para manter-se nas disputas de alto nível,

Esse perfil se encaixa no índio, que aos 58 anos, tem deixado muito jovem no “chinelo” quando o assunto em questão é o seu desempenho no ciclismo.

Neste domingo ensolarado ele demonstrou superação ao pedalar 400 quilômetros em tempo recorde para sua faixa etária.   

Logo cedo ele saiu de Trincheira e pegou às pistas e concluiu seu trajeto no inicio, como previsto. Ou seja, ele conseguiu completar o percurso em menos de 15 com uma impressionante média de 35 km/h,

A maior parte do trecho, ele se fez acompanhado de amigos, que o apoiou neste desafio. Índio provou que tem energia de sobra para seguir em busca de troféus para sua vasta coleção.

Cobertura e matéria do Blog do Toni Martins





Ciclista veterano percorreu quatrocentos quilómetros em quinze horas neste domingo.


Aos 58 anos de idade José Ribamar, conhecido no mundo do ciclismo como “Índio”, natural de Trincheira, distrito de Jandaíra/RN, pedalarou interrompidamente neste domingo (17), quatrocentos quilômetros, cruzando o Vale do Açu.


Ele busca cumprir em 15 horas a meta em que o credencia para uma prova a ser disputada em São Paulo.

Índio possui um extenso currículo de vitórias e títulos pelo Brasil.


Desde os 17 anos de idade, pratica ciclismo e foi bi-campeão estadual, conquistou o Norte-Nordeste por três vezes, campeão e recordista brasileiro onde fez a 30 anos prova de longa distância entre Natal/RN e São Paulo/SP em 16 dias de penal, percorrendo 3.280 Km, um Recorde nunca batido por qualquer outro atleta, segunda conta.

Recentemente conquistou em sua categoria Recorde  estadual de estrada com 206 Km percorridos em 7 horas e 25 minutos de competição.

Foi patrocinado por grandes marcas como entre elas a Caloi, Pirelli, Kell e a Suvinil. Foi capa de afamadas revistas do seguimento como a Veja, Misse Esporte, Trac e matéria de emissoras de Tv pelo pais.

Passou momentos de angústias quando sofrera acidente que o levou uma UTI e o deixou fora das competições por longo período. A superação, segundo contou foi motivada por sua fé em Deus que o trouxe de volta as corridas, mesmo com idade avançada.

Nossa reportagem vai acompanhar Índio nesse percurso, iniciando em Jandaíra, devendo fazer o percurso total sem descer na bicicleta,


Agradecemos o apoio da Prefeitura de Carnaubais que disponibilizou ambulância para assistência ao Índio. 

Matéria do Blog Toni Martins