Páginas

segunda-feira, 3 de maio de 2021

FOTO: Ambulância que transportava paciente de 87 anos capota e três pessoas ficam gravemente feridas na BR-101, na Grande Natal.

 

Foto: Redes Sociais

Três pessoas ficaram gravemente feridas na manhã desta segunda-feira(03), por volta das 8h20, após uma ambulância capotar na BR-101, no município de Extremoz, na Grande Natal. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o veículo de socorro médico vinha de Macau com destino ao Hospital Onofre Lopes com 5 ocupantes: o condutor, uma médica, um enfermeiro, uma paciente de 87 anos que ia fazer um cateterismo e a filha da idosa. Na ocasião, a ambulância teria sido fechada por um carro e acabou saindo da pista. Uma cratera na marginal teria colaborado para o capotamento.

Segundo informações preliminares, o enfermeiro, a paciente idosa e a filha dela ficaram feridos em estado grave e foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O acidente aconteceu por no KM 75.

RN contabiliza 26 óbitos por covid nas últimas 24h, sendo 05 dentro do dia; novos casos são 328.

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta segunda-feira (03). 



Foram mais 328 casos confirmados, totalizando 225.609. Até domingo (02) eram 225.281 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 5.525 no total, sendo 05 mortes registradas nas últimas 24h: São Paulo do Potengi(01), Goianinha(01), São José do Mipibu(01), Upanema(01) e Parelhas(01).

A Sesap ainda registrou outros 21 óbitos ocorridos após a confirmação de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. Óbitos em investigação são 1.113. No domingo (02) o número total de mortes era 5.499.

Casos suspeitos somam 52.719 e descartados 452.801. Recuperados são 150.649.


RN registra taxa de ocupação de leitos críticos para covid de 93%.

Foto: (Reprodução/Regula/Sesap)

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 93%, registrada no fim da manhã desta segunda-feira(03). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 611.

Até o momento desta publicação são 26 leitos críticos (UTI) disponíveis e 348 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 143 disponíveis e 263 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 91,5% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 99% e a Região Seridó tem 87,5%.

RN tem 32 pacientes com Covid-19 na fila por UTI.

 

Foto: (Reprodução/Regula/Sesap)

O Rio Grande do Norte registrou no fim da manhã desta segunda-feira(03) 58 pacientes com Covid-19 à espera de um leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado.

Diante do número de leitos disponíveis (26), o número de pacientes em espera até a publicação desse post, com a devida subtração de números, registra 32 pessoas na fila por leitos críticos.

Às 12h20, o estado tinha 26 leitos de UTI disponíveis aguardando regulação de pacientes. A maior parte é da região metropolitana de Natal.


Detran retoma atendimento presencial de Registro de Veículos em Natal e Mossoró.

 


Foto: Divulgação

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) abre, a partir desta segunda-feira (03), o setor de Registro de Veículos em Natal (sede administrativa) e em Mossoró para atendimento ao público de maneira gradual. Nesse primeiro momento, os serviços retomados nos dois polos de atendimento presencial compreendem a transferência de propriedade de veículo, primeiro emplacamento, reposição de placas veicular, mudança de característica de automóveis, abertura de processo com vistoria já realizada e vistoria de transporte escolar.

O coordenador de Registro de Veículos do Detran, Carlos Silvestre, alertou que todos os serviços presenciais oferecidos em Natal e Mossoró devem ser agendados, pois somente assim o cidadão poderá garantir o atendimento. A medida visa controlar e organizar o fluxo de pessoas dentro do Órgão no intuito de evitar aglomerações, seguindo rigorosamente as regras de prevenção e combate ao novo coronavírus determinadas pelas autoridades sanitárias.

Os agendamentos devem ser realizados no endereço online no site do Detran (www.detran.rn.gov.br). Na primeira página, o usuário vai no ícone Agendamentos e seleciona o serviço desejado. Na opção Veículos, estão disponíveis “Abertura de processos”, “Liberação de Veículos Apreendido”, “Vistoria”, entre outros. O usuário seleciona e serviço desejado e, dentro das opções disponíveis, escolhe dia e horário para realizar.

Um ponto importante é que para entrar nas unidades do Detran em Natal e Mossoró, os usuários precisam levar o comprovante do agendamento e utilizar máscara de proteção facial. Somente será permitido o acesso de uma pessoa por veículo e a entrada nas dependências do Detran só será liberada 30 minutos antes do horário marcado para o serviço, a fim de evitar aglomeração de pessoas no espaço físico do órgão.

A retomada dos serviços presenciais do Detran também abrange a Coordenadoria de Habilitação de Condutores que desde a semana passada atender em Natal (sede administrativa) e Mossoró. Outra medida tomada pela Direção do Órgão, dessa vez no sentido de beneficiar os cidadãos do interior do Estado, foi a retomada dos testes práticos itinerantes de habilitação de condutores, que são aqueles que vão aos municípios para serem aplicados.

Com 20 notificações a estabelecimentos diversos, início de maio foi marcado com muitos banhistas nas praias de Natal.

 

Foto: Divulgação/Semurb

O primeiro fim de semana do mês de maio foi marcado com muitas aglomerações na Orla da Praia de Ponta de Negra, é o que aponta a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb). Durante o feriadão do dia 1º de maio – Dia do Trabalhador -, foi de muito trabalho para a fiscalização da Semurb e resultou em 20 notificações, um auto de infração e muita orientação ao público que aglomerava em diversos pontos na zona Sul de Natal.

Segundo o supervisor de fiscalização ambiental da Semurb, que esteve no plantão, Felipe Oliveira, o trabalho foi mais intenso no domingo (2), e se concentrou em fiscalizar os estabelecimentos comerciais e quiosques da Orla de Ponta Negra. Além disso, checaram também os serviços de alimentação com capacidade acima de 300m², como quiosques, lanchonetes, restaurantes e food parks, que segundo o Decreto Estadual n° 30.516/2021, podem funcionar aos domingos, até às 15h. O trabalho da fiscalização no domingo resultou em 20 notificação a estabelecimentos comerciais, quiosques, pontos de locação de mesas e cadeiras, que estavam abertos e além disso ocupavam irregularmente a faixa de areia de Ponta Negra, o que também não é permitido.

“No total, foram lavradas 20 notificações a estabelecimentos diversos, incluindo quiosques e pontos de locação de mesas e cadeiras, que estavam funcionando em desacordo com o Decreto, inclusive, fazendo uso da faixa de areia com equipamentos de praia, como mesas, guarda-sóis e cadeiras. A Cavalaria da Polícia Militar já havia, no período da manhã, dispersado as aglomerações em diversos pontos da Orla, porém, a tarde foi identificado muitos outros focos de aglomerações. Infelizmente mesmo com a dispersão as pessoas insistiam em retornar ao local”, enfatizou Felipe Oliveira.

POLUIÇÃO

No sábado (1), foi realizado uma vistoria a pedido da 45ª Promotoria de Justiça e Defesa do Meio Ambiente, do MPRN, em uma panificadora no bairro de Pajuçara, zona Norte de Natal, se ela estava fazendo uso de um forno, que estava gerando muita fumaça e prejudicando o meio ambiente. Infelizmente os fiscais foram impedidos de realizar a vistoria no prédio porque o proprietário não permitiu a entrada.

Outra ocorrência similar ocorreu no bairro de Capim Macio, zona Sul da cidade, onde um proprietário de uma lanchonete, que já havia sido notificado por não fazer uso de filtro na chaminé da churrasqueira e não ter corrigido, recebeu o auto de infração ambiental, e como penalidade desta vez, teve o uso da churrasqueira interditada.

“Moradores de um condomínio ao lado da lanchonete reclamavam da alta quantidade de fumaça, que estava invadindo diversos andares do prédio, tudo isso por conta da chaminé da lanchonete que foi instalada de maneira incorreta. Fomos lá anteriormente, notificamos o proprietário e orientamos ele para resolver o problema, mas infelizmente ele não cumpriu e tivemos que lavrar o auto de infração e interditar a churrasqueira”, comentou Oliveira.

Ainda de acordo com Felipe, a Lei 4.100 de 1992 que dispõe sobre o Código do Meio Ambiente de Natal, é bem clara no art. 117 que trata sobre a poluição de qualquer natureza que possa trazer danos à saúde ou ameaçar o bem-estar do indivíduo ou da coletividade.

Nos fins de semana e feriados, caso a população presencie alguma cena de aglomeração ou outra situação que viole as regras, basta realizar denúncia, que pode ser anônima, pelo canal 24h do Ciosp, no número 190 e também no disque denúncia da Polícia Civil no 181. Já de segunda a sexta-feira as denúncias podem ser feitas das 8h às 16h, pelo telefone da Ouvidoria da Semurb no (84) 3616-9829 ou e-mail ouvidoria.semurb@natal.rn.gov.br.

MONITORAMENTO DAS PRAIAS

Na sexta-feira (30), a equipe de fiscalização ambiental da Semurb realizou o monitoramento nas águas da praia da Redinha e Ponta Negra. Segundo o supervisor de Água e Solo da pasta, Gustavo Szilagyi, que está a frente das ações relatou que não foram encontrados resíduos na praia da Redinha.

“No trecho da Via Costeira entre o Vale das Cascatas e o Hotel Vila do Mar foi registrado apenas um resíduo pouco representativo. Apenas foi recolhido uma amostra”, comentou Szilagyi

Frota emergencial no transporte público é aprovada em comissão na Câmara Municipal de Natal.

 

A Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final da Câmara Municipal de Natal aprovou nesta segunda-feira (3), o Projeto de Lei que autoriza a instituição da Frota Suplementar de Emergência no transporte público da capital no período da pandemia. Na reunião, os vereadores apreciaram ainda outros 49 projetos.

O Projeto de Lei 149/2021, de autoria do vereador Milklei Leite (PV) e relatado pelo vereador Aldo Clemente (PDT), visa conter as aglomerações nos ônibus da capital nos horários de pico, durante o período de calamidade em virtude da pandemia do novo coronavírus.

A matéria recebeu emendas da vereadora Nina Souza (PDT), tornando a matéria autorizativa e não impositiva e retirando vícios de iniciativa que poderiam inviabilizá-la. “Estamos com um grande imbróglio nessa questão da frota circulando nos horários de pico na pandemia. Já aprovamos a isenção do ISS condicionando ao não aumento da passagem, e agora propomos esta medida para o caso de precisarmos de mais veículos nas ruas. Esperamos que vá a Plenário nesta semana”, destacou a vereadora Nina Souza.

A frota emergencial deve ser acionada quando o sistema tiver circulando com menos de 80% do quantitativo de ônibus das empresas. Além disso, deve ser formada por veículos com capacidade mínima de 10 passageiros sentados, que não estejam operando linhas do sistema e que não recebam pagamento via bilhetagem eletrônica. A frota suplementar deve ser submetida a todas as normas técnicas do transporte coletivo, vistoriada pela Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU), que deve fazer a padronização e definição de linhas.

O vereador Kleber Fernandes (PSDB), presidente da comissão, apresentou voto de divergência, acreditando na inviabilidade da proposta. “Traz limitações aos usuários já que esses veículos não têm o equipamento de bilhetagem eletrônica, então quem usa vale-transporte, carteira de estudante, ficará impossibilitado de utilizar esses benefícios nessa frota emergencial. Em paralelo, há risco de revisão da planilha tarifária porque parte dos usuários que pagam a passagem estaria sendo retirada da frota efetiva”, explicou o parlamentar.

Referente à pandemia da covid-19, também foi aprovado o Projeto de Lei n° 205/2021, de autoria do vereador Raniere Barbosa (AVANTE), reconhecendo as feiras livres como atividade essencial em situações de Calamidade, Emergência e correlatas.

Projetos

A Comissão de Justiça apreciou outros 49 projetos durante a reunião. Dentre os aprovados, estão o de n° 78/2021 da vereadora Ana Paula (PL), que cria a Semana de Conscientização sobre o Lixo Eletrônico, o de nº 27/2021, do vereador Eriko Jácome (MDB) para utilizar a Rua Campos Sales como Avenida do Lazer; o de n° 92/2021, da vereadora Brisa Bracchi (PT), que institui a campanha permanente de formação de profissionais da educação no combate à violência contra a mulher; o de n° 73/2021, para o atendimento preferencial aos portadores de fibromialgia nos órgãos públicos e em estabelecimentos que recebem pagamentos de contas; e o de nº 145/2019, que dispõe sobre a acessibilidade padronizada para cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida nos pontos de paradas de ônibus. Estes dois últimos são, respectivamente, de autoria da vereadora Camila Araújo (PSD) e do vereador Preto Aquino (PSD), que participaram da reunião.

Na ocasião, foram arquivadas algumas propostas e outras rejeitadas, como o Projeto de Lei 220/2021, do vereador Klaus Araújo (SDD), que obrigava os profissionais da Saúde registrarem, por meio de vídeo, a aplicação das vacinas do covid-19. “Temos observado casos de má fé de muitos profissionais na aplicação das vacinas pelo Brasil ao fingirem aplicar as injeções. O projeto daria mais segurança e garantia de que o paciente estaria vacinado”, argumentou o autor.


SE LIGA NO LEÃO: Quase metade dos contribuintes ainda não enviou declaração do Imposto de Renda.

 

Foto: © Marcello Casal jr/Agência Brasil

A 28 dias do fim do prazo, quase metade dos contribuintes ainda não acertou as contas com o Leão. Até o momento, 17.217.336 contribuintes enviaram a declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), 52,8% do previsto para este ano. O balanço foi divulgado pela Receita Federal, com dados apurados até as 11h desta segunda-feira (3).

Neste ano, o Fisco espera receber até 32.619.749 declarações. No ano passado, foram enviadas 31.980.146 declarações.

O prazo de entrega começou em 1º de março e vai até as 23h50min59s de 31 de maio. A data limite foi adiada em um mês para suavizar as dificuldades no recolhimento de documentos impostas pela pandemia de covid-19.

No último dia 13, a Câmara dos Deputados aprovou projeto de lei que propõe adiar novamente o prazo para 31 de julho, por causa do agravamento da pandemia. Como o texto foi aprovado no Senado, só depende de sanção presidencial para passar a valer.

O programa para computador está disponível na página da Receita Federal na internet. Quem perder o prazo de envio da declaração terá de pagar multa de R$ 165,74, ou 1% do imposto devido, prevalecendo o maior valor.

A entrega é obrigatória para quem recebeu acima de R$ 28.559,70 em rendimentos tributáveis em 2020. Isso equivale a um salário acima de R$ 1.903,98, incluído o décimo terceiro.

Também deve entregar a declaração quem tenha recebido rendimentos isentos acima de R$ 40 mil em 2020, quem tenha obtido ganho de capital na venda de bens ou realizado operações de qualquer tipo na Bolsa de Valores, quem tenha patrimônio acima de R$ 300 mil até 31 de dezembro do ano passado e quem optou pela isenção de imposto de venda de um imóvel residencial para a compra de um outro imóvel em até 180 dias.

Restituição

Pelas estimativas da Receita Federal, 60% das declarações terão restituição de imposto, 21% não terão imposto a pagar nem a restituir e 19% terão imposto a pagar.

Assim como no ano passado, serão pagos cinco lotes de restituição. Os reembolsos serão distribuídos nas seguintes datas: 31 de maio (primeiro lote), 30 de junho (segundo lote), 30 de julho (terceiro lote), 31 de agosto (quarto lote) e 30 de setembro (quinto lote). As datas não mudaram, mesmo com o adiamento do prazo de entrega da declaração.

Novidades

Entre as principais novidades nas regras deste ano, está a obrigatoriedade de declarar o auxílio emergencial de quem recebeu mais de R$ 22.847,76 em outros rendimentos tributáveis e a criação de três campos na ficha “Bens e direitos” para o contribuinte informar criptomoedas e outros ativos eletrônicos.

O prazo para as empresas, os bancos e as demais instituições financeiras e os planos de saúde fornecerem os comprovantes de rendimentos acabou em 26 de fevereiro. O contribuinte também deve juntar recibos, no caso de aluguéis, de pensões, de prestações de serviços, e notas fiscais, para comprovar deduções.

Agência Brasil

Paulo Gustavo sofre embolia e estado de saúde do ator é crítico.

 

Foto: Globo/João Miguel Júnior

Internado em decorrência de complicações da Covid-19 desde o dia 13 de março, o ator Paulo Gustavo teve uma piora significativa nas últimas horas. A equipe médica detectou uma fístula broncovenosa – uma abertura entre os pulmões e as veias.

Devido a isso, bolhas de ar entraram na corrente sanguínea do artista, causando uma embolia, insuficiência cardíaca e lesões cerebrais.

Ainda não há como medir a extensão das lesões e os médicos avaliam a possibilidade de uma nova cirurgia – de risco altíssimo – para fechar a fístula. Paulo Gustavo segue precisando da ECMO, espécie de pulmão artificial.

Atualização: às 17h desta segunda (3), a assessoria de imprensa de Paulo Gustavo enviou um comunicado oficial sobre o estado de saúde do artista. Leia na íntegra:

COMUNICADO

Internado desde 13 de março, no Rio de Janeiro, com quadro de COVID-19, Paulo Gustavo permanece no Serviço de Terapia Intensiva e nas últimas 24 horas surgiram complicações graves.

Depois de alguma melhora, Paulo Gustavo subitamente piorou no dia de ontem.

Hoje, dia 03/05, a assessoria de imprensa do ator emite novo boletim médico informando que:

“Ontem à tarde, após redução dos sedativos e do bloqueador neuromuscular, o paciente acordou e interagiu bem com a equipe profissional e com o seu marido. À noite, subitamente, houve piora acentuada do nível de consciência e dos sinais vitais, quando novos exames demonstraram ter havido embolia gasosa disseminada, incluindo o sistema nervoso central, em decorrência de uma fístula bronquíolo-venosa. Infelizmente, a situação clínica atual é instável e de extrema gravidade.”

A família do ator continua agradecendo todo o carinho e pedindo orações para uma recuperação de Paulo Gustavo, assim como das demais pessoas acometidas por essa doença terrível”.

Veja Rio

Previsão pluviométrica no RN para o próximo trimestre: de chuvas intensas e 500 milímetros na faixa litorânea leste a 590 mm nas regiões agreste, oeste e central; confira

 

Foto: Reprodução/Emparn

O mês de maio começou com chuvas em todas as regiões do Rio Grande do Norte, com maior concentração na região de Mossoró, Vale do Assú e Médio Oeste, devido a atuação combinada entre a Zona de Convergência Intertropical (ZCTI) e o Sistema Frontal (FF), é o que apontam as análises dos especialistas da Unidade Instrumental de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN).

De acordo com recente reunião com representantes de diversos órgãos do setor de meteorologia de estados como Paraíba, Bahia, Alagoas, Pernambuco e do Distrito Federal, os especialistas concluíram que a previsão para o próximo trimestre- maio, junho e julho de 2021- é de chuvas dentro da normalidade no Rio Grande do Norte.

“O acumulado previsto para próximo trimestre é de: 550 mm no Leste, 270 mm no Agreste, 140 mm na região Central e 180 mm no Oeste. Durante esses meses, poderão ocorrer eventos de chuvas intensas ao longo da faixa litorânea Leste devido à influência da região oceânica que está com as águas mais aquecidas do que o normal”, explicou o chefe do setor, Gilmar Bristot.

Para esta semana, o meteorologista analisa que a tendência é de ocorrência de chuvas em todas as regiões de Estado. “As chuvas deverão aumentar a partir desta terça-feira com maior intensidade nas Regiões Oeste e Central e se estenderem por toda a semana com a continuidade da atuação da ZCTI e FF sobre o estado”, comentou.

A temperatura deverá variar entre 24oC durante as madrugadas e as máximas em torno dos 30oC durante as tardes, em Natal e para o interior do Estado, no Seridó, mínimas deverão variar entre 20oC a 25oC e as máximas em torno dos 34oC. Nas regiões Serranas, as temperaturas oscilarão entre 20oC e 31oC.

Balanço do final de semana

O boletim pluviométrico das 7h da sexta-feira (30/04) até a manhã de hoje (03/05) no mesmo horário registrou ocorrência de chuvas em 40 postos de monitoramento instalados nas quatro regiões do Rio Grande do Norte. O município de Mossoró registrou o maior volume acumulado no período, com 88,7 mm.

O boletim completo pode ser acessado no site www.emparn.rn.gov.br, “Chuvas Diárias” ou na aba “Meteorologia”.

Previsão da semana

03/05/21- segunda-feira- Céu parcialmente nublado a claro com pancadas de chuva isoladas durante a tarde e noite no interior. No Litoral Leste e Agreste, céu parcialmente nublado a claro com pancadas de chuvas a qualquer hora.

04/05/21- terça-feira- As chuvas deverão aumentar nas regiões Oeste e Central durante a tarde e noite no interior. No Litoral Leste e Agreste, céu parcialmente nublado a claro com chuvas a qualquer hora.

05/05/21-quarta-feira- Céu parcialmente nublado com pancadas de chuvas durante a tarde e noite no interior. No Litoral Leste e Agreste, céu parcialmente nublado a claro com chuvas a qualquer hora.

06/05/21-quinta-feira – Céu parcialmente nublado com pancadas de chuvas durante a tarde e noite no interior. No Litoral Leste e Agreste, céu parcialmente nublado a claro com chuvas a qualquer hora.

07/05/21-sexta-feira- Céu parcialmente nublado com chuvas durante a tarde e noite no interior. No Litoral Leste e Agreste, céu parcialmente nublado a claro com chuvas a qualquer hora.

08/05/21- sábado- Céu parcialmente nublado com chuvas durante a tarde e noite no interior. No Litoral Leste e Agreste, céu parcialmente nublado a claro com chuvas a qualquer hora.

09/05/21- Domingo- Céu parcialmente nublado com chuvas durante a tarde e noite no interior. No Litoral Leste e Agreste, céu parcialmente nublado a claro com chuvas a qualquer hora.

domingo, 2 de maio de 2021

Jandaíra: A prefeita Marina Dias Marinho participou da missa solene do padroeiro do município São José Operário nesse feriado do dia do trabalhador, ela que tanto valoriza o trabalhador e nunca deixa atrasar o salário.

 


A prefeita de Jandaíra, Marina Dias Marinho, que tanto valoriza o trabalhador com o pagamento em dia, qualificando o profissional e seu ambiente de trabalho, não adianta só pagar em dia, tem que proporcionar um ambiente com infraestrutura física e material de expediente, isso a jovem prefeita faz o resultado de tudo isso é a qualidade dos serviços prestados a população jandairense, participou nesse feriado de 01 de Maio, dia que comemora o dia do trabalhador da missa solene do padroeiro do munícipio. 

A missa solene do padroeiro de Jandaíra, São José Operário, foi celebrada por Dom Jaime Vieira Rocha arcebispo católico na Arquidiocese de Natal, devido a pandemia do COVID-19 não foi realizada a festa do padroeiro no período normal, a igreja estuda a possibilidade desse ano ser realizada no mês de Agosto.

Dom Jaime falou sobre as dificuldades que o mundo está passado devido ao covid-19, o número de mortes e falta de empregos por causa da pandemia, a prefeita Marina Dias Marinho também falou sobre tudo isso em sua fala.

Além da prefeita Marina estiveram presente na missa os jovens vereadores Anderson Aguiar e Yure Carneiro que estão em seus primeiros mandatos, o vice prefeito Láercio Neves e chefe do gabinete da prefeita, Reginaldo Vitorino e a assessora da prefeita, Orminda Bezerra. 
 












quinta-feira, 29 de abril de 2021

Infecções pela covid-19 no Brasil caem, mas seguem em patamar crítico, diz Fiocruz.

 

Foto: Eduardo Frazão/Exame

O Boletim Extraordinário do Observatório Covid-19 Fiocruz divulgado nesta quarta-feira, 28, pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) aponta queda no número de casos, óbitos e taxas de ocupação de leitos de UTI covid-19 para adultos, mas os valores continuam em patamares críticos.

Outro dado preocupante é a taxa de letalidade da doença, que no final de 2020 estava em 2%, aumentou para 3% em março e agora subiu para 4,4%. O boletim analisou dados referentes à Semana Epidemiológica 15, de 18 a 24 de abril.

O número de casos diminuiu a uma taxa de -1,5 % ao dia, enquanto o de óbitos foi reduzido a uma taxa de -1,8 % ao dia, “mostrando tendência de ligeira queda, mas ainda não de contenção da epidemia”, segundo os pesquisadores.

Em relação à taxa de ocupação de leitos, chama atenção a redução nos Estados de Rondônia (de 94% para 85%) e Acre (de 94% para 83%), ainda que ambos continuem na zona de alerta crítico, a saída de Alagoas da zona de alerta crítico para a zona de alerta intermediário (de 83% para 76%) e a saída da Paraíba da zona de alerta (de 63% para 53%).

O Brasil acumula quase 400 mil mortos e quase 15 milhões de casos. Desde o início da pandemia, porém, especialistas têm alertado para as dificuldades de testagem, o que impede conhecer com precisão o avanço da pandemia e também a real taxa de letalidade pela doença.

Para os pesquisadores do Observatório, o quadro atual pode representar desaceleração da pandemia, com a formação de um novo patamar, como o ocorrido em meados de 2020, mas com números muito mais altos de casos graves e óbitos, que revelam a intensa circulação do vírus no país. “Esse conjunto de indicadores mostra que a pandemia pode permanecer em níveis críticos ao longo das próximas semanas”, avaliam os autores do estudo.

Diante desse cenário, os pesquisadores alertam que a flexibilização das medidas de distanciamento físico e social, sem um controle rigoroso, pode retomar o ritmo de aceleração da transmissão, com o aumento de casos, internações e taxa de ocupação de leitos. Nas últimas semanas, Estados como São Paulo e Rio assistiram a um relaxamento da quarentena, com liberação de comércio, restaurantes e praias. Já o presidente Jair Bolsonaro mantém discurso crítico ao lockdown e até tentativas de derrubar regras de toque de recolher na Justiça.

“A integração entre Atenção Primária à Saúde e a Vigilância em Saúde deve ser intensificada para otimizar os processos de triagem de casos graves e seu encaminhamento para serviços de saúde mais complexos, bem como a identificação e aconselhamento de contatos para medidas de proteção e quarentena. Além disso, a reorganização e ampliação da estratégia de testagem é essencial para evitar novos casos e reduzir a pressão sobre os serviços hospitalares”, orientam os pesquisadores.

Estadão Conteúdo

Saiba como apenas 6 se infectaram em show com 5 mil em Barcelona; e não há evidências que houve transmissão durante o evento.

 

Foto: Reuters via BBC

Pesquisadores na Espanha dizem que não detectaram sinais expressivos de infecção por coronavírus entre as pessoas que participaram de um grande show realizado como teste no mês passado.

Seis pessoas testaram positivo para Covid-19 14 dias depois de assistir ao concerto em Barcelona, ​​mas essa incidência, segundo os cientistas, foi menor do que a observada na população em geral.

Cerca de 5 mil pessoas participaram do experimento após testar negativo para Covid-19.

Os participantes usavam máscaras, mas não precisavam manter distanciamento social.

Entre as seis pessoas com teste positivo, pesquisadores da Fundação de Combate à Aids e Doenças Infecciosas e do Hospital Universitário Germans Trias i Pujol concluíram que quatro delas foram infectadas em outro lugar, e não no show.

Autoridades espanholas permitiram que o show, que contou com a banda Love of Lesbian, fosse levado adiante como parte de um projeto de pesquisa.

Os pesquisadores descobriram que a taxa de infecção entre os participantes do show foi metade da registrada entre pessoas da mesma idade em Barcelona.

“Não há evidências que houve transmissão durante o evento”, disse o especialista em doenças infecciosas Josep Maria Llibre, um dos pesquisadores, em entrevista coletiva na terça-feira (27).

O especialista explica que, nos 14 dias após o show, foram detectados seis casos positivos. Isso, disse ele, é uma incidência cumulativa de 131 por 100 mil habitantes, em comparação com os 260 casos por 100 mil habitantes que Barcelona registrou no dia do concerto.

Que medidas foram adotadas?

O concerto, realizado no dia 27 de março, foi uma iniciativa do Festivals per la Cultura Segura, um grupo de organizadores de música ao vivo de Barcelona, ​​que se uniram em busca de um protocolo para realização de shows após a pandemia.

Um total de 4.592 pessoas compareceu ao concerto.

No dia do show, todos os participantes tiveram que se submeter a um teste de antígeno, que é mais rápido e mais simples do que os exames PCR. Esse teste não requer análises laboratoriais e seus resultados são revelados em 15 minutos.

Somente aqueles que tiveram teste negativo foram autorizados a entrar no concerto. Também os trabalhadores e convidados tiveram que se submeter ao teste.

O local onde o concerto foi realizado, o Palau Sant Jordi em Barcelona, ​​foi dividido em três setores, cada um com vias de acesso e saída. Os participantes não podiam mudar de setor.

Pontos de controle e verificação de temperatura foram colocados nas entradas.

Os organizadores entregaram aos participantes máscaras do tipo FFP2, que são descartáveis e capazes de filtrar 94% das partículas transportadas pelo ar. São as mesmas utilizadas por profissionais de saúde.

Garrafas de álcool gel desinfetante também foram disponibilizadas para o público.

Os organizadores do evento disseram que a iniciativa de “sucesso” e afirmaram que “começam a ver uma luz no fim do túnel”.

A banda envolvida na experiência, Love of Lesbian, agradeceu aos organizadores e cientistas pelo evento.

“Esperamos que a partir de agora, após esses excelentes resultados, o mundo da cultura seja ouvido como merece”, tuitou a banda.

O show reuniu uma das maiores multidões da Europa desde o início da pandemia e ocorre em um momento em que países ao redor do mundo buscam novas maneiras de realizar eventos públicos com segurança.

Um experimento semelhante de dois dias ocorreu na Holanda em março com cerca de 1,5 mil pessoas.

Foto: Albert Gea/Reuters

BBC

Nova portaria publicada: Detran-RN realiza vistorias de veículos diretamente nas concessionárias e lojas.

 

Foto: Divulgação/Detran-RN

A Direção do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) uma nova portaria, que ajusta a realização dos serviços de transferência de propriedade de veículo e o primeiro emplacamento. A efetivação de vistoria veicular está acontecendo diretamente nas concessionárias e nas lojas que comercializam automóveis zero-quilômetro e seminovos.

As vistorias estão ocorrendo nas cidades de Natal, Mossoró, Parnamirim, Caicó, Ceará Mirim, Currais Novos e Pau dos Ferros. A portaria estabelece critérios técnicos de segurança que devem ser empregados antes, no ato e após a realização das vistorias, no sentido de não expor os vistoriadores do órgão, lojistas ou qualquer outro cidadão à contaminação pelo novo coronavírus. As regras determinadas pelo Detran vão de acordo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e das autoridades sanitárias.

O serviço acontece exclusivamente pelo sistema de agendamento desenvolvido pelo Detran, sendo o requerimento do lojista ou da concessionária encaminhado à Coordenadoria de Registro de Veículos do órgão, que vai gerir a demanda e organizar a agenda de atendimento. Nessa situação, os requerentes devem disponibilizar os equipamentos de segurança, que devem ser obrigatoriamente utilizados pelos vistoriadores a exemplo de luvas, máscara de proteção facial e álcool gel a 70%.

As concessionárias e lojas requerentes devem disponibilizar um local isolado para que seja realizada a vistoria, devendo ainda fazer a higienização do veículo com álcool gel antes da chegada do vistoriador do Detran, como também proibir a presença e a circulação de pessoas na área isolada destinada ao serviço de vistoria.

Após a conclusão da vistoria, as empresas devem acionar os seus despachantes para fazer a abertura dos processos de transferência de propriedade de veículo ou primeiro emplacamento, sendo o Conselho dos Despachantes responsável por efetivar os processos e enviar ao Detran para que sejam auditados e emitida a documentação dos veículos.

O coordenador de Registro de Veículos do Detran, Carlos Silvestre, alertou que não haverá nenhum tipo de atendimento ao público na sede do Órgão, todo o serviço vai ocorrer nas lojas dos requerentes, no Conselho dos Despachantes e no serviço interno do Detran.

Jandaíra: O vereador Anderson Aguiar divulgou nas redes sociais uma visita que fez na comunidade de Trincheiras para conferir em loco a falta de água.







 Fui ver de perto o problema que foi alegado da falta de água na comunidade de Trincheiras sendo que em 2 casas foi constatado a falta de forma pontual e não generalizada como foi colocado nas redes sociais.

Foi observado que de acordo com os moradores, a diminuição  de água em algumas casas na comunidade se dá devido a utilização de bombas na rede e desperdício de água por alguns moradores, provocando diminuição na pressão e mal distribuição na rede, prejudicando os moradores que não utiliza da ferramenta em suas casa e fazem o bom uso da água por uma questão de consciência cidadã.

Mas para melhorar o atendimento @prefeituradejandairarn através  da Secretaria de Agricultura e Recursos hídricos e Desenvolvimento Rural, na pessoa do Secretário @francisco.agromel irá realizar uma revisão na tubulação para verificar se também há alguma obstrução na rede causada por raízes e/ou partículas de calcário, afim de promover melhorarias no abastecimento.

Devo realçar também que a prefeita @marinamarinhorn tem um trabalho incansável para garantir o direito a água à todos Jandairenses, não deixando as comunidades desabastecidas e com projetos de  perfuração de poços para melhoria da qualidade de vida da população e manutenção de todos os sistemas, tanto de água de uso doméstico como dos Dessalinizadores, além da operação com carro pipa nos cantos mais remotos do município.

Destaco também que mesmo diante de todo esforço observado da gestão, sabemos  que a falta de chuvas prejudica os níveis dos reservatórios de água, fato esse que pode implicar na diminuição de vazão dos poços. No mais acrescento minha inteira disposição para acompanhar os trabalhos, ser porta voz da população, pontuar melhorias e parabenizar a gestão pelo fabuloso trabalho.