Páginas

quinta-feira, 29 de abril de 2021

RN contabiliza 45 óbitos por covid nas últimas 24h, sendo 18 dentro do dia; novos casos são 1.085.



A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta quinta-feira (29). Foram mais 1.085 casos confirmados, totalizando 221.868. Até quarta-feira (28) eram 220.783 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 5.446 no total, sendo 18 mortes registradas nas últimas 24h: Natal(06), Mossoró (03), Apodi(02), Campo Grande(01), São Miguel(01), Serrinha(01), Canguaretama(01), São Paulo do Potengi(01), Taipu(01) e Santo Antônio(01).

A Sesap ainda registrou outros 27 óbitos ocorridos após a confirmação de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. Óbitos em investigação são 1.095. Na quarta-feira (28) o número total de mortes era 5.401.

Casos suspeitos somam 52.874 e descartados 447.754. Recuperados são 150.649.

Em jogo único, América e Globo decidem 1º turno do Estadual 2021 neste domingo, na Arena das Dunas.

 

Foto: Montagem

América e Globo, finalistas da Copa Cidade do Natal, o primeiro turno do Campeonato Nota Potiguar, jogam pela taça neste domingo, dia 2 de maio, às 16h, na Arena das Dunas.

O confronto será realizado em partido única. Quem vencer leva o título. Dono da melhor campanha, o alvirrubro tem a vantagem do empate.

Vale destacar que o América decidirá o turno na capital por ter conquistado a melhor campanha, com 16 pontos. O time do Globo conquistou 14.


Tremor de terra é registrado em Pedra Preta-RN nesta quinta-feira.

 

Localização epicentral simbolizada pelo marcador vermelho no mapa. Foto: Divulgação/LabSis

Nesta quinta-feira (29), um tremor de terra, de magnitude preliminar 1.8 mR, foi registrado no município de Pedra Preta(distante 149 km de Natal), no estado do Rio Grande do Norte. O evento, que ocorreu às 05h47 UTC (02h47, hora local), teve sua magnitude preliminar calculada em 1.8 mR. Até o momento desta publicação, o LabSis não recebeu a informação de que moradores escutaram ou sentiram o evento ocorrido nesta quinta-feira (29).

O Laboratório Sismológico segue monitorando e divulgando toda atividade sísmica que ocorra no estado do Rio Grande do Norte e também da região Nordeste do país.

SEM FILA: RN tem 30 pacientes com Covid-19 à espera de UTI, com 31 leitos disponíveis.

 

Foto: Reprodução/Regula RN

O Rio Grande do Norte registra no fim da manhã desta quinta-feira(29) 30 pacientes com Covid-19 à espera de um leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado.

Às 12h05, o estado tinha 31 leitos de UTI disponíveis aguardando regulação de pacientes. A maior parte dos pacientes é da região metropolitana de Natal.

RN registra taxa de ocupação de leitos covid de 91,5%.

 

Foto: (Reprodução/Regula/Sesap)

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 91,5%, registrada no fim da manhã desta quinta-feira (29). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 620.

Até o momento desta publicação são 31 leitos críticos (UTI) disponíveis e 334 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 111 disponíveis e 286 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 90,1% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 98,9% e a Região Seridó tem 82,5%.


“FORÇA TOTAL”: Nova York será 100% reaberta em 1º de julho, diz prefeito.

 

Foto: Getty Images

A cidade de Nova York será 100% reaberta a partir de julho, disse o prefeito Bill de Blasio nesta quinta-feira. “Nosso plano é reabrir totalmente em 1º de julho. Estamos prontos para as lojas reabrirem, as empresas, os escritórios, os cinemas, força total”, revelou ele em entrevista à emissora MSNBC.

Caso os planos se confirmem, esta será a primeira vez que a cidade voltará a funcionar normalmente desde março de 2020. Restaurantes, academias e ginásios esportivos, por exemplo, poderão funcionar com capacidade máxima. Teatros menores já poderão abrir durante o verão e a Broadway marcou seu retorno para setembro.

“Este será o verão da cidade de Nova York”, afirmou De Blasio. “O que estamos vendo é que números extraordinários de vacinação.”

Segundo dados do governo estadual, 45% da população de Nova York já recebeu pelo menos uma dose das vacinas contra a covid-19. Na cidade de Nova York, 36% dos adultos já foram totalmente vacinados. Desde o início de abril, a campanha foi ampliada para permitir que todos os maiores de 16 anos possam se vacinar.

O anúncio de De Blasio ocorre depois de o governador de Nova York, Andrew Cuomo, ter flexibilizado as restrições sobre os bares do Estado. A partir do próximo dia 3, clientes poderão se sentar e beber em áreas internas.

Cuomo também informou que o toque de recolher sobre bares e restaurantes, que obriga os estabelecimentos a deixarem de servir às 0h, será suspenso de forma gradual. A partir do próximo dia 17, não haverá mais limite de horário em áreas abertas. Para espaços fechados, a restrição deixará de valer em 31 de maio.

Valor

Ex-BBB’s se recusaram a participar do documentário de Karol Conká, dona da maior rejeição da história do reality.

 

Foto: Reprodução/Globoplay

O “BBB 21” marcou a vida de Karol Conká de uma forma que nem ela e nem a Globo esperavam. Eliminada com 99,17% dos votos em um paredão triplo, a rapper possui a maior rejeição da história do reality, isso porque mostrou na casa que seu temperamento é muito diferente do que o público imaginava. Além de sair “cancelada”, a artista chegou até a perder seguidores em certos momentos e sua saída foi celebrada como final de Copa do Mundo. 

Buscando limpar a imagem da artista, a Globoplay lançou nesta quinta-feira, 29, o documentário “A Vida Depois do Tombo”, título que faz referência a música mais famosa de Karol, Tombei. A série documental mal estreou e já está entre os assuntos mais comentados do Twitter e o que tem chamado atenção do público é que os ex-BBB’s que foram convidados para participar da produção não aceitam o convite para se reencontrar com Karol.

Para fazer a ex-BBB reviver suas polêmicas que protagonizou dentro da casa mais vigiada do Brasil foi criado uma espécie de caleidoscópio em que telas gigantes reproduziam cenas do programa. Foi nesse momento que a cantora descobriu que Arcrebiano e Carla Diaz não aceitaram participar do documentário, já Lucas Penteado não quis se encontrar pessoalmente com Karol e mandou apenas um recado, a única que topou sentar de frente com artista foi Lumena, sua amiga dentro da casa. 

Além da recusa dos ex-BBB’s com quem Karol protagonizou seus principais conflitos, também foi explicado no documentário que a música Tombei não pode ser usada na íntegra porque Zegon, coautor da canção, não autorizou. A ideia do documentário é tentar mostrar um outro lado de Karol Conká para, assim, explicar o que a motivou a ter atitudes que chocaram tanto o público do “BBB 21”, agora resta saber se essa estratégia da Globo vai funcionar.

Jovem Pan

Brasil atinge marca de 400 mil mortes pela Covid-19.

 


A tragédia da Covid-19 no Brasil não é visível apenas na impressionante marca, atingida nesta quinta-feira (29), de 400.021 óbitos, segundo o consórcio dos veículos de imprensa. Em meio a falta de vacinas e um governo questionado em CPI por sua ação na pandemia, o peso do novo coronavírus sobre o sistema de saúde também surge em outro indicador — uma em cada cinco mortes notificadas no país (21,7%) desde março do ano passado é decorrente da doença.

O índice foi calculado a partir de dados da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen), entidade que representa todos os cartórios do país. A primeira morte provocada pela pandemia, segundo registros oficiais, ocorreu no dia 17 de março do ano passado. Desde aquele mês, o Brasil contabilizou 1.843.281 óbitos totais. A associação assinala que os cartórios são responsáveis pelo fornecimento de dados — e o número, portanto, pode estar defasado — mas a relação de um quinto deve permanecer.

Apesar do percentual elevado, pesquisadores entrevistados pelo GLOBO acreditam que ela pode ser ainda maior: a subnotificação ainda é alta no país, já que muitos infectados pelo coronavírus morrem em casa, sem recorrer ao atendimento médico, devido ao colapso do sistema hospitalar. Há, também, óbitos por Covid-19 que são registrados como síndrome respiratória aguda grave (SRAG) sem causa determinada.

A escalada da pandemia é comprovada por seguidos recordes batidos nas últimas semanas. Desde a chegada do coronavírus no Brasil, houve 18 ocasiões em que o país registrou mais de 3 mil mortes diárias em decorrência da doença — 13 vezes em abril e cinco em março deste ano.

O Brasil é o segundo país em óbitos acumulados, atrás apenas dos EUA (cerca de 575 mil), e também o segundo no registro de novas ocorrências da Covid-19 na última semana, ranking liderado agora pela Índia. A taxa de letalidade mais que dobrou, de 2% no final de 2020, para 4,4% na semana passada.

Platô elevado

Um boletim divulgado nesta quarta-feira pela Fiocruz demonstra sinais tímidos de queda no número de casos (-1,5% ao dia) e óbitos (-1,8% diários) por Covid-19 no país. Para Barcellos, seria um indicativo de que o Brasil teria atingido ao pico da pandemia. No entanto, como a reprodução do coronavírus ainda é acelerada, não há tendência de queda na curva epidemiológica.

— Isso significaria que chegamos a um platô, da mesma forma como na primeira onda, em meados de 2020. A diferença é que, desta vez, estacionamos em um índice muito mais elevado. No ano passado, eram cerca de mil óbitos por dia. Agora, atingimos até 3 mil — alerta. — A lição que deveríamos ter aprendido é que este momento deve ser o de reorganização de serviços, e não de flexibilização total.

Outro obstáculo é a circulação de variantes do coronavírus, especialmente a P.1, que emergiu na Amazônia em novembro do ano passado. Um estudo divulgado na quarta-feira (28) pela Secretaria estadual de Saúde de São Paulo indicou que a variante foi detectada em 90% de 1.439 sequenciamentos genéticos analisados pelo Instituto Adolfo Lutz (SP).

A primeira onda do coronavírus demorou meses para atingir o país inteiro, destaca Barcellos. A P.1. cumpriu o mesmo trajeto em semanas. Não está comprovado se a variante é mais letal, mas, segundo pesquisadores, a velocidade do contágio poderia atrasar a erradicação da pandemia.

Com informações via O Globo

quarta-feira, 28 de abril de 2021

Três bandidos roubam carro e acabam mortos após troca de tiros com a polícia.

 

Foto: reprodução

Três suspeitos morreram após uma troca de tiros com policiais militares, nesta terça-feira (27). O confronto aconteceu na rodovia BR-406, nas proximidades do distrito de Massaranduba em Ceará Mirim.

Os suspeitos estavam em um veículo modelo Gran Siena que possui rastreador e tinha queixa de roubo. Na fuga, o trio se deparou com a polícia e desobedeceu às ordens de parada. Militares de Ceará-Mirim e Extremoz participaram da ação.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) precisou interditar a rodovia, devido a troca de tiros.

Os três suspeitos, ainda não identificados, foram socorridos para o Hospital Santa Catarina, mas morreram antes de dar entrada na unidade, nenhum policial ficou ferido.

Com informações de Novo Notícias

Show para 5 mil com máscaras em Barcelona termina sem contágios por Covid-19, dizem pesquisadores.

 

Foto: LUIS GENE / AFP

Uma experiência trouxe esperanças ao mundo da Cultura: em um show da banda espanhola Love of Lesbian, realizado em Barcelona, no dia 27 de março, quando 5 mil pessoas dançaram sem distanciamento, mas com máscaras do modelo PFF2, não houve “nenhum sinal” de contágio de coronavírus, segundo os organizadores.

— Não há sinal que sugira que alguma transmissão ocorreu dentro do evento, que era o objetivo da análise — disse em uma entrevista coletiva, nesta terça-feira, o médico Josep Maria Libre, do hospital Germans Trias e Pujol.

De acordo com Llibre, foram registrados apenas seis casos positivos assintomáticos 15 dias após o show, detectados em controles regulares do sistema de saúde público. É possível, portanto, que outros casos assintomáticos tenham ocorrido e não tenham sido detectados entre os participantes, que foram testados antes do concerto.

Os organizadores estão seguros de que “quatro desses casos da transmissão não ocorreram durante o show”. Enquanto aos outros dois, há “uma altíssima chance” de que não tenham se contaminado na casa de show”, disse à AFP o infectologista Boris Revollo.

O show, realizado no Palau Sant Jordi (Palácio de São Jorge, em português), foi promovido por um grupo de festivais e promotores de música em conjunto com o hospital Germans Trias e Pujos, com o intuito de mostrar que esse tipo de atividade pode ser compatível com a pandemia.

— Com ventilação otimizada, testagem e uso de máscara, é possível garantir um espaço seguro — defende Llibre.

Revollo reforça a fala do colega.

— É possível dizer que não houve uma supertransmissão durante o concerto. Foi demonstrado que podem ser criados eventos seguros para a evitar a transmissão do coronavírus — explicou o infectologista.

Apesar dos testes, máscaras e ventilação, o uso de lugares onde a contaminação é de maior risco, como os banheiros, foi totalmente controlado.

Essa experiência é uma das poucas do mesmo estilo que têm sido realizadas na Europa. Outro show ocorreu na Holanda no início de março, com 1.300 pessoas. Na França, a ministra da Cultura, Roselyne Bachelot, disse na semana passada que um experimento parecido, proposto anteriormente, pode ser realizado em alguma casa de show parisiense em cerca de 15 dias.

— Mais uma vez, Barcelona e a cultura da nossa cidade se colocam na vanguarda de uma situação que é nova, que consiste em preservar a atividade cultural com todas as garantias sanitárias — celebrou o vice-prefeito de Barcelona, Jaume Collboni.

O Globo

CPI da Covid quer ouvir ao menos 24 atuais e ex-nomes do governo.

 

Foto: Jefferson Rudy / Jefferson Rudy/Agência Senado

Após a instalação da CPI da Covid no Senado, os integrantes do colegiado já haviam registrado, até o fim da noite de terça-feira, 173 requerimentos que ainda precisam ser apreciados pelo grupo. Além de documentos sobre processos administrativos, aquisição de vacinas e contratações, os senadores já sugeriram convocar para prestarem depoimentos pelo menos 24 nomes, que estão ou passaram pelo governo Bolsonaro durante a pandemia. Ministros ou ex-titulares de Saúde, Economia e Relações Exteriores estão na lista.

Em maioria na composição do grupo que vai tocar as investigações, a oposição é responsável pela grande maioria dos requerimentos, que não se limitam aos protagonistas na condução da crise sanitária. Entre eles, o atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e os ex-comandantes da pasta Luiz Henrique Mandetta, Nelson Teich e Eduardo Pazuello, já foram citados em pedidos registrados pelos senadores Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Humberto Costa (PT-PE) e Eduardo Girão (Podemos-CE), que é alinhado ao presidente Jair Bolsonaro.

Vice-presidente da CPI, Randolfe também enviou um requerimento para convocar como testemunha o ex-secretário de Comunicação Social da Presidência, Fabio Wajngarten, que afirmou em entrevista à revista Veja que o Brasil não comprou antes vacinas da Pfizer por “incompetência” e “ineficiência”. Autor do requerimento que deu início à CPI, o senador também solicitou a presença de Carlos da Costa, Secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, órgão ligado ao Ministério da Economia. O objetivo é questioná-lo sobre as tratativas para compra de vacinas que ocorreram no âmbito da pasta comandada por Paulo Guedes.

Um dos principais alvos da CPI da Covid, Eduardo Pazuello pode ter inúmeros auxiliares convocados, entre eles um aliado próximo: Marcos Erald Arnoud, conhecido como Markinhos Show, ex-marqueteiro do general. O objetivo é entender como foram desenhadas as propagandas oficiais do governo federal e as orientações sobre medidas preventivas direcionadas à população. Este é um nó garantido no caminho do Planalto na comissão, citado na planilha produzida pela Casa Civil com as 23 “acusações” esperadas e alvo de reclamações pela oposição, especialistas e até autoridades da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Caso os requerimentos sejam aprovados, farão parte do plano de trabalho da CPI. Na sessão em que a comissão foi instalada, o relator, Renan Calheiros (MDB-AL), apresentou os principais pontos que deseja ver em andamento.

Homem forte da gestão Pazuello, Airton Antônio Soligo, conhecido como Airton Cascavel, assessor especial do Ministério da Saúde, poderá ser convocado ao lado de Antonio Elcio Franco e da médica cearense Mayra Pinheiro, ex-ocupantes de cargos de primeiro escalão no Ministério da Saúde. Eles poderão ser questionados sobre a política de distribuição de meios para proteção individual, como máscaras e álcool em gel.

Secretários da administração de Eduardo Pazuello, Luiz Otávio Franco e Hélio Angotti Netto foram indicados para falar sobre a crise que levou à falta de oxigênio para pacientes com Covid em Manaus. Ainda sobre a crise no Amazonas, o senador Otto Alencar (PSD-BA) pediu o comparecimento do ex-coordenador-geral de Logística de Insumos Estratégicos do MS, Alex Lial Marinho, para explicar a demora na resposta aos problemas no estado.

Ex-Advogado-Geral da União, José Levi foi citado em um dos requerimentos do petista Humberto Costa. A razão para a convocação, segundo o senador, é que a demissão de Levi do cargo de AGU acontece duas semanas depois dele não ter assinado ação movida por Jair Bolsonaro no Supremo contra o toque de recolher imposto na Bahia, no Rio Grande do Sul e no Distrito Federal. Como antecipado pelo colunista Lauro Jardim, a aposta do PT é que a maneira como saiu do governo motive José Levi a falar.

O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), que é suplente no colegiado, mas tem auxiliado a redigir o plano de trabalho da CPI, indicou os nomes do ex-ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo; do embaixador e secretário-geral do Itamaraty, Otávio Brandelli; do secretário especial de Assuntos Estratégicos da Presidência da República; e do assessor internacional da presidência, Filipe Martins. Segundo o requerimento, Vieira quer apurar a atuação dos servidores na articulação do Brasil em âmbito internacional para conseguir insumos e vacinas.

Para esclarecer questões relativas ao auxílio emergencial e outras medidas econômicas de contenção da pandemia, o parlamentar também pediu que o ministro da Economia, Paulo Guedes, o secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, e a secretária Nacional do Cadastro Único, Nilza Emi, ligada ao Ministério da Cidadania, sejam ouvidos.

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, também foi citado para falar sobre as vacinas contra a Covid-19, e o presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres, pode ser questionado sobre a negativa da agência reguladora ao pedido de autorização excepcional para a importação da vacina Sputnik V.

Estratégia do governo

Em minoria na composição da CPI da Covid, os integrantes da base governista foram orientados pelo Planalto a entrar com requerimentos de convocação de especialistas que defendem o uso do tratamento precoce e medicamentos sem eficácia comprovada contra o novo coronavírus.

Aliado do Planalto, o senador Ciro Nogueira (PP-PI) apresentou o requerimento para ouvir a imunologista Nise Yamaguchi, que chegou a ser cotada para assumir o Ministério da Saúde no ano passado por fazer a defesa do uso da cloroquina contra a Covid-19, um dos principais focos da Comissão Parlamentar de Inquérito. Na quinta-feira passada, às vésperas da instalação da CPI, ela esteve no Palácio do Planalto para uma reunião.

O Globo

NÃO É BRINCADEIRA: “Carteira digital é aceita em todos os cantos, menos no Detran”

 


Uma leitora entrou em contato com este Blog para contar um fato em que classificou como “cômico” através do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) no Rio Grande do Norte.

Ela relata que foi renovar sua carteira de motorista e necessitava dos seguintes documentos: solicitação de renovação assinada; comprovante de residência; e carteira de motorista.

Conta, então, que levou sua carteira de motorista digital, que foi rejeitada. Disseram que só aceitam a impressa.

A leitora disse que após a negativa, ligou na ouvidoria, mandou e-mail, e a conduta é essa: só aceitam a versão impressa.

Moral da história: a carteira digital é aceita em qualquer lugar, exceto no Detran-RN.


RN contabiliza 28 óbitos por covid nas últimas 24h, sendo 19 dentro do dia; novos casos são 1.035.

 


A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta quarta-feira (28). Foram mais 1.035 casos confirmados, totalizando 220.783. Até terça-feira (27) eram 219.748 infectados.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 5.401 no total, sendo 19 mortes registradas nas últimas 24h: Natal(03), Mossoró (03), Doutor Severiano(02), Campo Grande(02), São Miguel(01), Coronel João Pessoa(01), Pau dos Ferros(01), Caraúbas(01), Jucurutu(01), Serrinha(01), Nova Cruz(01), Antônio Martins(01) e Patu(01).

A Sesap ainda registrou outros 09 óbitos ocorridos após a confirmação de exames laboratoriais de dias ou semanas anteriores. Óbitos em investigação são 1.095. Na terça-feira (27) o número total de mortes era 5.373.

Casos suspeitos somam 52.957 e descartados 446.158. Recuperados são 150.649.

RN registra taxa de ocupação de leitos críticos para covid-19 de 90,5%.

 

Foto: (Reprodução/Regula/Sesap)

A taxa de ocupação de leitos críticos das unidades públicas de saúde no RN é de 90,5%, registrada no fim da manhã desta quarta-feira (28). Pacientes internados em leitos clínicos e críticos somam 612.

Até o momento desta publicação são 34 leitos críticos (UTI) disponíveis e 323 ocupados, enquanto em relação aos leitos clínicos (enfermaria), são 105 disponíveis e 289 ocupados.

Segundo a Sesap, a Região metropolitana apresenta 89,2% dos leitos críticos ocupados, a região Oeste tem 98,9% e a Região Seridó tem 77,5%.

QUATRO NA FILA: RN tem 38 pacientes com Covid-19 à espera de UTI, com 34 leitos disponíveis.

 

Foto: Reprodução/Regula RN

O Rio Grande do Norte registra no fim da manhã desta quarta-feira(28) 38 pacientes com Covid-19 à espera de um leito de UTI, de acordo com o portal Regula RN, que monitora em tempo real a ocupação de leitos públicos no estado.

Às 12h20, o estado tinha 34 leitos de UTI disponíveis aguardando regulação de pacientes. A maior parte dos pacientes é da região metropolitana de Natal.

Adenovírus replicantes: o que são e quais os riscos quando usados em vacinas; entenda o motivo técnico pelo qual a importação da Sputnik V foi negada pela Anvisa.

 

Foto: Divulgação/União Química

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) negou nesta segunda-feira (26) a importação da vacina Sputnik V, imunizante russo desenvolvido pelo Instituto Gamaleya contra a Covid-19. Entre os motivos para invalidar a liberação está o suposto risco à segurança em razão do uso de adenovírus replicantes na composição da vacina.

Adenovírus é o vírus causador do resfriado em humanos. Eles são usados como vetores virais em pelo menos quatro vacinas contra o coronavírus utilizadas no mundo – Oxford-Astrazeneca, Janssen, Sputnik V e CanSino. Em todas elas, os adenovírus são inativados, ou seja, perdem sua capacidade de se multiplicar no organismo humano.

“Quando o adenovírus não sofre essa mudança, ele é replicante, ou seja, capaz de se multiplicar de tal forma no organismo que pode deixar quem tomou a vacina doente e ainda transmitir o resfriado. Mas não é capaz de infectar contra o coronavírus”, afirma explica o imunologista João Viola, presidente do Comitê Científico da Sociedade Brasileira de Imunologia (SBI).

Diante desta questão, ficaram as dúvidas: afinal o que significa uma vacina de vetor viral? O que implica ela ser composta por adenovírus replicantes? Esta característica incorre em alguma gravidade para vacina? Entenda outras questões respondidas pelos especialistas:

1. O que é uma vacina de vetor viral?

Há diferentes metodologias na criação de vacinas (veja quadro abaixo). As de fase 1, mais antigas, usam agentes patogênicos inteiros em sua composição, vivos, mortos ou atenuados, que são inoculados no organismo humano para criar imunidade contra certas doenças. Este é o caso da Coronavac, criada pela Sinovac e produzida no Brasil pelo Instituto Butantan, que usa o coronavírus inativado na sua composição.

As vacinas de fase 2, por sua vez, usam apenas a proteína chamada Spike, ou proteína S do coronavírus (antígeno), que será transportada para o organismo humano por vetores (vírus que servirão de transporte). Por isso, são chamadas de vacinas de vetor viral. É o caso das vacinas Sputnik V, vacina Oxford-AstraZeneca, vacinas da Janssen e da CanSino.

Os adenovírus são vírus encontrados em animais e humanos. Nos humanos, costumam atingir mais a parte respiratória e são os mais comuns causadores do resfriado.

Com exceção da vacina Oxford-Astrazeneca, que usa adenovírus de chimpanzés na sua composição, as demais citadas usam adenovírus humanos para transportar material genético de um vírus diferente – no caso, a proteína Spike encontrada no Sars-coV-2 – para uma célula humana com o intuito de criar imunidade contra o coronavírus.

Em todas elas, segundo os estudos divulgados, os adenovírus e os antígenos estão inativados, de forma que se evita a propagação do coronavírus e do próprio resfriado. Por isso, são consideradas vacinas de adenovírus não replicantes, ou seja, incapazes de se replicar no organismo humano.

Já as vacinas de fase 3, consideradas as mais modernas, são as de RNA mensageiro, feitas com o material genético do vírus ou utilizando um vírus enfraquecido que transporta os genes virais para dentro das células, desencadeando a imunização. As vacinas da Pfizer/Biontech e da Moderna usam essa tecnologia.

Foto: Arte/CNN Brasil

2. O que são adenovírus replicantes?

Todas as vacinas contra o coronavírus licenciadas atualmente são de vetores não replicantes, e os vetores mais utilizados neste tipo de vacina são os adenovírus. Isto é, para evitar que o vírus do resfriado se multiplique no organismo humano, o adenovírus é modificado geneticamente, e parte de sua estrutura responsável pela sua multiplicação é retirada.

Com isso, o adenovírus se torna não replicante ou de replicação deficiente, que é quando ele passa a ter uma capacidade irrisória de se multiplicar no organismo. Esse fator é essencial para evitar que a vacina cause resfriado, por exemplo.

Na vacina de Oxford, a escolha de compor o imunizante com adenovírus de chimpanzés não é em vão. Por ser um vírus que causa resfriado nos primatas, não em humanos, é mais um fator de segurança, embora ele também seja inativado durante sua composição.

Quando o adenovírus ou qualquer outro tipo de vírus que se torna vetor viral em uma vacina, ou seja, não é inativado, ele mantém sua capacidade de se multiplicar no organismo dos seres humanos. Algo que não é recomendado em uma vacina.

Um imunizante que usa adenovírus causador de resfriado em sua composição precisa comprovar que eles estão inativados, sem a capacidade de se multiplicar no organismo humano.

3. No que a Sputnik V difere das outras vacinas?

Entre todas as vacinas contra a Covid-19 já registradas no mundo, a Gam-COVID-Vac (nome oficial da Sputnik V) é a única desenvolvida com dois adenovírus, nomeados de D-26 e D-5, aplicados um em cada dose, o que pode ser considerado duas vacinas em uma.

Na primeira dose, o D-26 leva a proteína S para dentro das células humanas, o que causará uma resposta do sistema imunológico, que começa a criar defesa contra a proteína e, consequentemente, anticorpos contra o coronavírus.

Na segunda dose, 21 dias depois, entra em cena o D-5, outro adenovírus que fará o mesmo papel, mas, ao mesmo tempo, tende a ser o diferencial mais assertivo do imunizante. Isso porque, segundo cientistas, por ter duas ‘fórmulas’ diferentes, essa vacina pode ajudar a produzir mais anticorpos contra o coronavírus e ser a responsável pela alta eficácia contra o vírus Sars-CoV-2.

Fontes: Renato Kfouri, diretor da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) e João Viola, presidente do Comitê Científico da Sociedade Brasileira de Imunologia (SBI).

CNN Brasil

segunda-feira, 26 de abril de 2021

Jandaíra: Jovem jandairense sofre acidente nas dunas de Galinhos e alega nas redes sociais que hospital do município se recusou prestar socorro, então foi o jeito o hospital de onde ocorreu acidente prestar atendimento médico ao acidentado.

 




Na manhã deste domingo (25) o jovem identificado por Novinho Batista que é de Jandaíra sofreu um acidente nas dunas de Galinhos, inclusive o blog do Eurípedes Dias esteve no local e acompanhou o atendimento médico prestado pela equipe de saúde do munícipio onde ocorreu o acidente, depois de receber os primeiros socorros o hospital de Galinhos entrou em contato com o hospital de Jandaíra.

Segundo o acidentando que gravou uns áudios e enviou em grupos de whatsapp o hospital de Jandaíra teria se recusado a receber o paciente para assim em caminhar para Natal para o Clóvis Sarinho ( Hospital Walfredo Gurgel).

O blog entrou em contato com a secretária de saúde de Jandaíra, Laize, a qual confirmou que realmente o médico que estava em seu primeiro plantão no município não quis receber jovem acidentando, a secretária falou com houve uma discussão entre a médica de Galinhos e o médico de Jandaíra onde um ficou empurrado de quem era a responsabilidade para encaminhar Novinho Batista, no final terminou que quem realmente prestou todo o socorro foi o município de Galinhos já que o de Jandaíra não quis prestar atendimento médico.

A secretária Laize falou com o secretário de saúde Wilke de Galinhos para tentarem resolver o problema, mas de fato o médico de Jandaíra deu sua justificativa e não recebeu o paciente.

Ei é de de lascar o cidadão sofre um acidente e ainda tem que aguardar um debate de qual hospital é pra lhe prestar atendimento é imoral viu, se fosse caso de morte o paciente tinha morrido por falta de atendimento médico enquanto os médicos e os secretários municipais de saúde de Galinhos e Jandaíra batia boca pra socorrer para Natal um acidentando.      


PRIMEIRO PADRE FILHO DE JANDAÍRA, CELEBRA PELA PRIMEIRA VEZ EM SUA CIDADE NATAL.


O neo-sacerdote Carlos Aguiar celebrou junto com a comunidade paroquial de Jandaíra e seus irmão no sacerdócio nesta última sexta-feira (23), sua missa primicial, motivo de alegria e gratidão para todos Jandairenses.

Pe. José Carlos de Lima Aguiar, que desde seu início da caminhada, enganjado nos serviços na paróquia de São José Operário, o seu sim ao sacerdote foi dado quando ainda era criança, quando questionado pelo Mons. Inácio de Loyola, se ele gostaria de ser Padre quando crescer, após o seu primeiro sim, Deus foi preparando os caminhos para o amadurecimento de sua vocação, ele trilhou essa caminhada para realizar a vontade de Deus.
 
Na noite de Domigo (25) foi empossado com vigário paroquial da paróquia de nossa senhora da Conceição, na cidade de Ceará-Mirim.

Parabéns Pe. José Carlos Aguiar, pela sua perseverança, Deus te faça firme nas promessas dele para sua vida, que São José Operário interceda ao nosso bom Pai celestial pela sua missão.

Fotos: Daniela Ferreira














sábado, 24 de abril de 2021

Jandaíra: Gostei do texto do sindicalista que já passou por todas as gestões que já existiu no município, no texto o sindicalista e petista tentar me desqualificar.



Jandaíra: blogueiro aponta problemas e críticas pontuais que não reflete e nem atinge a grandeza da gestão Marina

Essa semana foi marcada por um fato no mínimo curioso em Jandaíra. O blogueiro Eurípedes Dias, aliado até em tão da Gestão da Prefeita Marina Dias Marinho começou a detonar a gestão apontando alguns problemas e críticas pontuais que em minha opinião e tenho certeza na opinião da maioria dos jandairenses que moram no município, que conhecem e precisam dos serviços públicos isso não reflete a grandeza da gestão da prefeita.

O Fato curioso é o porque do blogueiro ter rompido com a gestão. Segundo o próprio em suas redes sociais teria sido pelo fato de uma abordagem por parte da equipe da vigilância sanitária que não deixar claro o que de fato aconteceu. Pois bem, fomos apurar o fato e segundo fontes da prefeitura simplesmente o blogueiro estava em pleno feriado de 21 de abril, feriado de tira dentes mais outras duas pessoas bebendo um tipo de bebida em uma calçada e a equipe pediu apenas que eles bebessem dentro de casa para não configurar aglomeração em pleno feriado e dia de toque de recolher.

Bem, se fosse eu, teria apenas recebido o alerta e aceitado porque há decreto estadual e municipal com o toque de recolher aos domingos e feriado em todo estado e nesse caso o blogueiro estava descumprindo os decretos, e um aliado da prefeita, blogueiro e pago para divulgar as ações da prefeitura deveria no mínimo dar exemplo e está em casa. Se a vigilância tivesse radicalizado no serviço deveria ter aplicado uma multa e para completar seu papel acionado a Polícia Militar e o mesmo ter sido conduzido a delegacia onde deveria ser elaborado um termo circunstancial e responder por descumprimento de decreto estadual, ou seja, promoção de aglomeração em pleno dia de toque de recolher.

O Fato é que na maioria absoluta dos municípios pequenos do porte de Jandaíra e até maiores, a gestões não podem fazer tudo. Os recursos próprios são poucos e dependem sempre de recursos federais ou estaduais para realizarem melhores investimentos, obras e serviços públicos de melhor qualidade. A gestão Marina vem obrando milagre para a realidade de Jandaíra e para o porte do município quando medido o valor de repasses constitucionais, ou seja, Fundo de Participação dos Municípios e FUNDEB.

Os serviços públicos funcionam regularmente, em quase todas as áreas. Sem falar nas folhas de pagamentos dos funcionários que nunca atrasou se quer um mês desde o inicio da sua primeira gestão, fora outros compromissos do serviço público que a gestão vem garantindo além de conclusão de várias obras com recursos próprios que alias, divulgado e mostrado pelo próprio blogueiro sempre e não é maquiagem e nem mentira.

Jandaíra está no entre os municípios que dependem muito de apoio para realizar investimentos e obras, por exemplo, as emendas parlamentares e isso a prefeita tem conseguido com os parlamentares de sua base de apoio e até mesmo fora de sua base de apoio, ou seja, com um poder de articulação muito bom. Problemas pontuais existirá em todas as gestões por mais que sejam as mais perfeitas possíveis e é isso que o blogueiro ao romper começa a tentar mostrar numa tentativa de desestabilizar a gestão, fato que acho que não conseguirá.

Para encerra vale lembrar que umas das críticas mais recentes do blogueiro foi a contratação de empresa de comunicação para a publicidade da prefeitura. Ai eu encerro com uma pergunta, a população não teria o direito de saber quanto o blogueiro ganhava para fazer sempre a publicidade da prefeitura e quando daria se ele continuasse para o restante da gestão não?

E antes que alguém diga, estou mostrando os fatos, também divulgo sempre as ações da prefeitura e nunca recebi um real, nem quero e nem preciso.

Republiquei o texto porque eu gostei, o sindicalista e petista que hoje está com Marina Dias Marinho, já esteve nas gestões dos ex-prefeitos Silvano, Fabinho, Beto Roque, já pensou logo tu macho que não perde a oportunidade de participar de gestões e ainda quer atirar pedra em mim.


https://jocelinodantas.blogspot.com/2021/04/jandaira-blogueiro-aponta-erros.html